Aldeia do Velho Chico tem semana de programação intensa em Petrolina (PE)



O Aldeia do Velho Chico começou oficialmente em Petrolina (PE), nesta quinta-feira (4), e tem uma série de shows e atividades culturais programados até dia 20. Entre as atrações selecionadas pelo Sesc Petrolina, que promove o evento, para esta segunda-feira (8) estão a exibição, às 16h, do filme ‘O Homem da Lua’, do alemão Stephan Schesch, no CEU das Águas (bairro Rio Corrente); o espetáculo ‘O Palhaço e a Bailarina’, que traz números cômicos inspirados na tradição do circo brasileiro, às 18h, no Palco Bambuzinho; e às 19h, na Biblioteca do Sesc, o lançamento do livro ‘Uma Utopia de Aldeia: cultura e coletividade anônima’, de Sidnei Cruz, que trata do ideário do modo de vida em sociedade e traz um diálogo sobre os frutos do projeto Aldeia na região cearense do Cariri.

A segunda-feira ainda vai trazer, às 20h, a Cia. de Dança do SESC Araripina (PE) para se apresentar no Palco Alternativo do Sesc Petrolina com o espetáculo de dança ‘Sertão’, cuja proposta é promover uma reflexão sobre a visão que o brasileiro tem do Sertão. Outra dança, ‘Onde Ele anda é Outro Céu’, da companhia ‘Qualquer um dos 2’, também deve chamar a atenção do público a partir das 21h, no Teatro D. Amélia.

Já na terça-feira (9), o Festival das Artes exibe, às 16h, no CEU das Águas, o filme ‘Nós somos as melhores’, do cineasta sueco Lukas Moodysson; e leva às 18h para o Palco Bambuzinho, no centro da cidade, a apresentação da Cia. de Dança do Sesc Petrolina ‘Eu Vim da Ilha’, que utiliza no seu conceito elementos da cultura da Ilha do Massangano. Os espetáculos ‘Sem Conservantes’, da companhia de dança Giradança, do Rio Grande do Norte, às 20h, no Teatro D. Amélia, e ‘Amarelo’, da coreógrafa Elisabete Finger, que através do corpo dá forma às experiências sensoriais, a partir das 21h, no Palco Alternativo, completam a programação do dia.

O Aldeia continua diversificando as atrações na quarta-feira (10). O longa ‘Asterix e o Domínio dos Deuses’, do francês Alexandre Astier, será, a partir das 16h (no CEU das Águas), uma opção para as crianças, que também poderão se juntar aos pais para assistir, às 18h, a performance ‘Procura-se um porco – Ação nº 3’, um espetáculo do Núcleo de Teatro do Sesc Petrolina com a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, no Palco Bambuzinho. A apresentação faz reflexões sobre os desaparecidos do regime militar brasileiro. No mesmo dia, o grupo Giradança volta ao palco do Teatro Dona Amélia para apresentar, às 20h, a ‘Dança que ninguém quer ver’; e o ator Alexandre Guimarães dá vida à  peça ‘O Açougueiro’, uma história de amor e intolerância que poderia perfeitamente se passar no Sertão nordestino, com inicio às 21h, no Palco Alternativo.

  A 12ª edição do Festival de Artes do Vale do São Francisco - Aldeia do Velho Chico traz para Petrolina e Lagoa Grande (PE) mais de 100 atrações, entre artistas locais e nacionais. O evento conta com apresentações de diversas linguagens como música, literatura, arte visual, teatro, dança e audiovisual. Em 2016, o Aldeia deve mobilizar cerca de mil artistas, com uma expectativa de público de 70 mil pessoas.

 Mais informações sobre a programação completa do festival podem ser obtidas pelos telefones (87) 3866-7450 ou (87) 3866-7474 e no site: www.sesc-pe.com.br.
Feito por: Bruno Alexandre Web -