Assassinatos de mulheres em junho cresceram 76% em relação ao mesmo período de 2015 em Pernambuco

O mês de junho contabilizou 37 assassinatos de mulheres em Pernambuco. Este é o pior registro desde 2007, quando a série histórica começou a ser acompanhada. Em relação ao mesmo mês do ano passado, os dados representam uma alta de 76% no número de mortes. As primeiras semanas de junho já indicavam que a curva seria atípica. Em 15 dias, foram 16 mortes.

Neste momento, o número lá era maior do que todo o mês de maio, que fechou em 14 assassinatos. Quando comparada a evolução de um mês para o outro, a diferença é alarmante: 160% a mais de casos de homicídio contra a mulher. A média, desde o início do ano, vinha em torno de 20 mortes, por mês. Um número que já era considerado alto.

TELEFONES ÚTEIS 

Ouvidoria da Mulher do Estado de Pernambuco Cidadã Pernambucana
Fone: 0800 281 8187
Central de Atendimento à Mulher do Governo Federal 180
Polícia ­190 (se a violência estiver ocorrendo)

A pessoa pode entrar em contato também com o 5° BPM de Petrolina através do 190

AcaoPopular
Feito por: Bruno Alexandre Web -