Quatro pessoas são presas suspeitas de tentar vender bebê recém-nascido em Paulo Afonso por mil reais

Ilana Andreza Albuquerque da Silva foi presa por policiais civis da DEAM de Paulo Afonso, acusada de trocar o seu filho recém-nascido por comida.
Andreza após receber os alimentos, entregou o seu filho a Talita Pereira Cavalcanti que forjou um parto na zona rural para poder registrar a criança no cartório de Paulo Afonso com o auxílio de duas testemunhas.
Com essas informações, policiais da DEAM sob o comando da Delegada Lígia, além das duas duas envolvidas, prenderam Rafael Vitor Salustiano Vieira e Carmen Lucia Vitor Salustiano pelo falso testemunho no cartório de Paulo Afonso.
A Coordenadora da Regional da Polícia Civil, informou que inicialmente a denúncia era que após registrar a criança, Talita iria vende-la pela quantia de 1 mil reais a um casal da cidade de Recife/PE e que enquanto a negociação era realizada, Talita iria tentar receber o benefício do INSS de Auxilio Natalidade.
Na manhã do dia 15, os quatro envolvidos foram levados para o Presidio Regional de Paulo Afonso, onde permanecerão à disposição da justiça. (EdenevaldoAlves)
Feito por: Bruno Alexandre Web -