Impeachment: Dilma se defende no Senado

 Aconteceu nesta segunda-feira, 29 de agosto,o Julgamento da Presidente Dilma Rousseff  no senado federal .
A sessão durou um total de 14 horas e se encerrou pouco antes da meia noite.  Aos senadores, transformados em julgadores que decidirão se ela deve perder definitivamente o mandato ou não, a presidenta afastada do cargo desde 12 de maio disse não cometeu crime de responsabilidade e, portanto, não merece deixar de vez o Palácio do Planalto. “Hoje eu só temo a morte da democracia”, afirmou. O ex-presidente Lula, ex-ministros e o cantor e compositor Chico Buarque a acompanham. Se derrotada,Michel Temer assume o posto até 2018. 

Fonte : El Pais
Feito por: Bruno Alexandre Web -